Como as health techs podem impactar o dia a dia das empresas?

health-tech

Você já ouviu falar sobre Health techs?  

Apesar de ser um conceito que ainda gera dúvida nas pessoas, é na verdade algo muito simples. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), Healthtech é um termo que define a aplicação da tecnologia na área da saúde

Portanto, qualquer ferramenta tecnológica que é aplicada para realizar avanços na área da saúde já seriam consideradas Healthtechs. 

Contudo, nesse texto iremos focar nossa análise na nova geração de empresas desse segmento, que ganharam muita força nos últimos anos. Especialmente no que diz respeito a atendimento remoto, medicina preventiva e programas de saúde e bem-estar corporativos. 

Se você deseja aprender mais sobre os benefícios desse setor e todas as oportunidades que ele oferece continue lendo este artigo! Ao longo deste texto, iremos responder todas as suas dúvidas. 

O contexto da evolução das Health Techs no Brasil

O Brasil é o maior país da América Latina e um dos maiores do mundo. Não é de se surpreender que o mercado de saúde privada seja também um dos maiores em escala global. 

Além disso, o nosso país é um dos mais promissores para a criação e desenvolvimento de Healthtechs. 

A indústria da saúde está sempre evoluindo, e dentro do contexto da pandemia do Coronavírus, foi necessário que a tecnologia de cuidados médicos, principalmente quando ligada a atendimentos e acompanhamentos remotos, mudasse em um ritmo muito rápido. 

As novas demandas relacionadas ao isolamento social foram de certa forma um catalisador para esse processo. Hoje é muito mais comum encontrarmos médicos e hospitais que realizam atendimento por plataformas digitais e online. Por exemplo, aplicativos que auxiliam o usuário a realizar exercícios físicos em qualquer hora e em qualquer lugar, entre outros tipos de exemplos que cobrem todos os aspectos de uma vida saudável. 

Outro fator que possibilitou o crescimento das HealthTechs foram os aumentos exponenciais dos planos de saúde. Dentro da categoria de planos de saúde empresariais e coletivos por adesão, que não são regulados pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), alguns reajustes chegaram ao montante de 133% no início de 2022. 

Acessibilidade, tecnologia e saúde 

As novas tecnologias da área da saúde, nesse contexto, acabam por assumir o importante papel de facilitar o acesso aos cuidados médicos. Auxiliando na prevenção, elaborando diagnósticos e tratando o máximo de enfermidades possíveis. 

A filosofia predominante nessas empresas é a de “pacientes no centro”, e isso corresponde ao que vemos também em outros setores da economia. Principalmente nas que fazem uso constante de tecnologias inovadoras e também nas que procuram as melhores e mais avançadas práticas de gestão de pessoas.  

Normalmente chamadas de empresas People Centric ou Customer Centric, é seguro afirmar que as corporações que escolhem colocar as pessoas no centro das decisões alcançam resultados acima da média, e é por isso que essa tendência é cada vez mais forte no mercado.  

Essa é a prática mais eficiente para gerar fidelização e consequentemente, melhorar os resultados de qualquer negócio. 

Ao aplicar esses conceitos é possível melhorar a experiência do usuário e oferecer o mais assertivo e eficiente atendimento possível, diversificando e personalizando o acesso à saúde, bem como promovendo uma maior acessibilidade a esses serviços. 

Isso beneficia não apenas o paciente, que vai ter acesso a todos esses novos recursos, mas também fomenta toda uma cadeia produtiva e econômica. E isso gera novas oportunidades de negócios e também ofertas de empregos nas áreas da tecnologia, prestação de serviços, administração, saúde, dentre outros. 

Outro ponto positivo, é que ao acelerar o desenvolvimento de tecnologias e soluções que elevam a qualidade da assistência médica disponibilizada no Brasil, a rede pública também pode ser impactada, trazendo benefícios para uma camada imensa da população, que depende do Sistema Público de Saúde. 

Novos investimentos em health techs

Como mencionamos antes, o setor de tecnologia e saúde está passando por um crescimento exponencial. De acordo com uma pesquisa realizada pela Distrito, o capital investido em Health Techs, no ano de 2017, teve um aumento de aproximadamente 29% em relação ao ano anterior. 

Outra pesquisa realizada pela Global Health Care Outlook 2019, mostrou que os gastos com saúde no mundo aumentaram muito, e que a tendência global para o setor é que os novos investimentos continuem apresentando taxas positivas. 

No Brasil, cerca de 85% dos hospitais estão projetando investimentos em recursos digitais como Inteligências Artificiais, Softwares, Hardwares e outros serviços de tecnologia e comunicação, de acordo com pesquisa realizada pela revista Medicina S/A. 

Outro dado interessante, é que entre os anos de 2019 e 2022 o número de Health Techs no Brasil aumentou mais de 16%, de acordo com pesquisa realizada pela Liga Ventures. 

O primeiro e único aplicativo gamificado de saúde do mundo

Nossa solução surgiu quando percebemos um gap na área da saúde corporativa. 

Por um lado, os custos com planos de saúde estavam cada vez mais elevados, e as corporações buscavam reduzir seus gastos. Por outro lado, muitos colaboradores estavam se sentindo cada vez mais estressados, sem ânimo para atividades físicas ou para reeducar sua alimentação. 

Foi a partir disso que criamos um aplicativo que tem como eixo central a gamificação de hábitos relacionados a uma vida saudável. 

Ao acessar nossa plataforma pela primeira vez, o usuário preenche um pequeno cadastro. A partir dessas informações o aplicativo entrega missões de exercícios físicos, alimentação saudável, saúde mental e lembretes de hidratação

Cada atividade realizada dentro do aplicativo é recompensada com moedas chamadas de Fitcoins, que depois podem ser trocadas em nossa loja online por diversos itens, como produtos eletrônicos, eletrodomésticos, vouchers de serviços como Uber e Netflix, entre outros. 

Os números alcançados pela nossa solução, dentro das corporações são impressionantes. 

  • Redução em quase 30% de casos relatados de estresse e ansiedade com um dos clientes RadarFit. 
  • Registro de aumentos de 20% a 25% na produtividade de suas equipes. 
  • Redução das chances de se ter doenças cardíacas e renais em 45% em empresas parceiras. 
  • Taxa de conversão chegando em até 76%, ou seja, usuários que entram no aplicativo ao menos duas vezes por dia. 

A nossa solução é pensada para corporações que já sofreram com valores exorbitantes de reajustes de planos de saúde, altas taxas de absenteísmo, burnout, afastamentos e alta rotatividade de funcionários. 

Se qualquer um desses problemas já foi vivenciado em sua empresa, entre em contato conosco. A nossa missão é ajudar corporações a melhorarem o seu clima organizacional e ajudar pessoas em sua jornada por uma vida mais saudável. 

Veja também

Solicitar uma demonstração